Jornal Pires Rural - 10 anos de fatos

terça-feira, 25 de junho de 2013

Ora-pro-nóbis ( Pereskia aculeata )



Segundo a tradição popular, o nome ora-pro-nóbis  teria sido dado por pessoas que roubavam a planta do quintal de uma igreja enquanto o padre rezava em latim.  Durante as orações, ele dizia: ora-pro-nóbis . A palavra em latim quer dizer “rogai por nós”.
Essa planta pode ser usada como cerca viva, arbusto, ornamentação e alimento. Ideal para cobrir cercas possui muitos espinhos que inibem os invasores. As flores são brancas e muito ornamentais e suas folhas são ricas em ferro e proteína usada na alimentação em diferentes receitas como omeletes, tortas e refogados. Por ser rica em ferro as folhas ajudam a curar anemias.
É uma trepadeira pouco exigente, rústica e que se desenvolvendo bem à sombra e também a pleno sol.

Festival em Sabará
Na cidade de Sabará (MG), existe o Festival do Ora-pro-nóbis, que há mais de 15 anos divulga a utilização desta planta em dezenas de  pratos culinários, sendo um dos mais conhecidos o ‘Frango com Ora-pro-nóbis’.
Durante o mês de maio, o Festival do Ora-Pro-Nóbis, reúne milhares de turistas em Sabará, principalmente no bairro Pompéu, onde nasceu e mantém sua raiz. Com diversas atrações culturais, durante dois fins de semana, acontece um dos mais importantes eventos gastronômicos de Minas Gerais. Participar do Festival do Ora-Pro-Nóbis é conhecer o que há de diferente na cozinha.É passar pela cozinha do fogão à lenha até chegar à gastronomia elitizada.

[Matéria publicada originalmente na edição 125 do Jornal Pires Rural, 06/03/2013 - www.dospires.com.br]

Capa da edição 125 do Jornal Pires Rural

Flores da ora-pro-nóbis



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Logo

Logo
Um Jornal a serviço da comunidade