Jornal Pires Rural - 10 anos de fatos

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

CUIDADO, o veneno pode estar em sua mesa!

Até que ponto podemos confiar que um alimento esteticamente perfeito seja saudável e próprio para o consumo? Ou ainda que a saúde de um produtor rural seja melhor que a de um operário exposto á substâncias tóxicas? Será que a agricultura convencional preocupa-se com isso?
A agricultura convencional preocupa-se acima de tudo com a produção, não levando em consideração a saúde do ecossistema e dos seres humanos. Há constantemente o uso de fertilizantes sintéticos, que promovem uma nutrição artificial ás plantas, deixando-as susceptíveis ao ataque de pragas, que são neste caso, combatidas com o uso de agrotóxicos. Esses agroquímicos prejudicam a saúde dos consumidores, dos produtores e a do meio ambiente, e os alimentos assim obtidos têm pior qualidade nutricional e biológica, além de apresentar substâncias tóxicas e cancerígenas.

Em resposta a tudo isso, surgiu as correntes de agricultura sustentável, entre elas a agroecologia, a agricultura orgânica, a natural, a biodinâmica e a permacultura. Todas partem do princípio de estabelecer uma relação mais harmoniosa entre homem e natureza, buscando o equilíbrio ambiental, sem a utilização de produtos sintéticos e nem de sementes geneticamente modificadas. Produzem alimentos com maior qualidade nutricional e não oferecem riscos aos consumidores, produtores e tão pouco a integridade do planeta. Em nossa região já existem alguns produtores com tais filosofias como, por exemplo, a Chácara Aroeira em Limeira, que iniciou suas atividades no ano passado e atualmente se dedica à organização de um grupo com interesse em trabalhar de acordo com tais princípios. O grupo já realizou sua primeira reunião, mas continua aberto a novos interessados, e já contam com apoio técnico do Sebrae e da Secretaria de Agricultura do município.



Matéria publicada originalmente na edição 44 Jornal Pires Rural, 15/07/2007-www.dospires.com.br]
Em comemoração aos 10 anos do início do Jornal dos Pires, logo acrescentado o Rural, tonando-se Jornal Pires Rural, estaremos revendo algumas das matérias que marcaram essa década de publicações, onde conquistamos a credibilidade, respeito e sinergia com nossos leitores e amigos. 
Quase sem querer iniciamos um trabalho pioneiro para a área rural de Limeira e região, fortalecendo e valorizando a vida no campo, que não é mais a mesma desde então…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Logo

Logo
Um Jornal a serviço da comunidade