Jornal Pires Rural - 10 anos de fatos

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Conselho Regional Rural de Mogi Mirim e região

O Conselho Regional Rural da região de Mogi Mirim envolve 11 Conselhos Municipais de Desenvolvimentos Rural em sua constituição. Temos acompanhado a dedicação de seus representantes legais na luta pelo desenvolvimento da região agrícola e inspiração pela representatividade do produtor rural frente a políticas públicas.
Conversamos com o Secretário do Conselho Regional Rural Luiz Oda Honma após reunião mensal do Conselho na Coordenadoria de Assistência Integral-Cati.

Jornal Pires Rural: Como é composto um Conselho Regional?
Luiz Oda Honma: O Conselho Regional Rural é composto pelos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Agrícola. A composição dos conselhos depende de município para município. A maioria dos Conselhos presentes na composição do Conselho Regional não trazem como presidentes secretários municipais da agricultura em seus municípios. Acredito que o fato de o presidente do Conselho Municipal ser um produtor rural facilita o debate dos assuntos pertinentes da área, enquanto que se o presidente do Conselho Municipal for o Secretário da agricultura, o debate pode correr o risco de que a  função de presidente seja uma extensão debatendo os interesses da pasta no município. Mas, eleger um produtor rural presidente do Conselho Municipal é uma tarefa difícil, pois a função exige um líder disposto, com iniciativas, disposto a persistir na conquista frente a políticas públicas no setor agrícola.

Jornal Pires Rural: Quantos Conselhos Regionais Agrícola existem no estado de São Paulo, e, existe uma troca de informações entre os Conselhos Regionais Agrícola?
Luiz Oda Honma: Formalmente existem 44 Conselhos Regionais (Agrícola). Não temos contato ou conhecimento do trabalho de outros conselhos. Um dos assuntos da pauta da reunião de hoje (03 de dezembro) é a provocação de outros Conselhos para constatarmos se os Conselhos tem as mesmas dificuldades e então, ao invés de reivindicarmos pelas mesmas necessidades, poderíamos nos unir para termos força política. O conceito do Conselho Regional Rural é formar um Conselho Estadual Agrícola, o que depende do aval do governador do Estado de São Paulo.

Jornal Pires Rural: Como tem sido os encaminhamentos do Conselho Regional Agrícola nesses dois anos de trabalho?
Luiz Oda Honma: As reuniões são mensais. Procuramos trabalhar com as dificuldades emergentes dos Conselhos Municipais. O direcionamento das discussões são as necessidades em pauta. A adesão dos Conselhos Municipais nesses dois anos tem sofrido oscilação, a freqüência aumenta na medida em que os assuntos em questão envolvem ações concretas, com resultados imediatos. Quando as reuniões envolvem discussões sem ações, o pessoal se distancia.

Jornal Pires Rural: Você acha que as pessoas querem um retorno contínuo dos assuntos debatidos pelo Conselho Regional Agrícola, na mídia?
Luiz Oda Honma: O pessoal reclama por resultados. Pelo fato do conselho não ser deliberativo causa uma falsa impressão de ausência de resultados. Não é o que ocorre. Os resultados existem. Como por exemplo, quando o governo estadual disponibilizou recursos para renovação dos pomares e a região de Mogi Mirim não foi contemplada pelo Fundo de Expansão da Agricultura e Pecuária – FEAP. Então, entramos com encaminhamento, os produtores receberam os recursos. Não publicamos o resultado.
Neste momento o Conselho Regional está trabalhando na adesão dos municípios para o fornecimento da produção do agricultor familiar para os municípios consumirem na merenda escolar local. É uma forma para que o município possa consumir o que é produzido no próprio município e lhe garanta a compra de R$ 10 000,00 ano. O município deve fazer a adesão, o produtor garantir a produção.

O conselho Regional vai tentar buscar recursos onde houver disponibilidade. Os recursos existem, mas é preciso o trabalho de um grupo empenhado na busca.

Matéria publicada originalmente na edição 70 Jornal Pires Rural, 15/11/2008-www.dospires.com.br]
Em comemoração aos 10 anos do início do Jornal dos Pires, logo acrescentado o Rural, tonando-se Jornal Pires Rural, estaremos revendo algumas das matérias que marcaram essa década de publicações, onde conquistamos a credibilidade, respeito e sinergia com nossos leitores e amigos. Quase sem querer iniciamos um trabalho pioneiro para a área rural de Limeira e região, fortalecendo e valorizando a vida no campo, que não é mais a mesma desde então…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Logo

Logo
Um Jornal a serviço da comunidade